Adicionar à lista de espera We will inform you when the product arrives in stock. Just leave your valid email address below.
Email Quantity We won't share your address with anybody else.

1º Raid de Integração Nacional

 

raid5

Introdução

Acredito, que essa seja sem dúvida uma das mais belas histórias do cenário automobilistico brasileiro. Uma pena que é muito pouco conhecido pelo público antigomobilista e pelos amantes do maverick.

O 1º Raid da Integração Nacional de 1973 foi promovido pela Ford do Brasil, EMBRATUR, DNER entre outros.

Os carros escolhidos para participarem deste Raid foram um Ford Maverick, um Ford Belina e também um Ford Corcel.

O objetivo deste evento era unir pela primeira vez por estrada todos os estados brasileiros.

raid1O início da saga no Sul do Brasil

Tudo começou no dia 08 de Outubro de 1973. O 1º Raid da Integração Nacional deu início no extremo sul do país, em uma praça na cidade de Chuí no Rio Grande do Sul.

Da cidade de Chuí, os três carros seguiram para Porto Alegre, onde os pilotos entregaram uma mensagem escrita pela diretoria da Ford do Brasil para o governador do estado, e nesta mensagem estava escrito, ” O SEU PAÍS ESTÁ SENDO INTEGRADO ” .

Em seguida foram para Santa Catarina, Paraná, São Paulo e cada governador recebeu a mesma notícia. Este fato se repetiu durante toda a viagem, que continuou com os três carros indo até a cidade de Goiânia.

raid3Do centro oeste ao norte do Brasil

Do estado de Goiás foram para o Mato Grosso parando em Cuiabá, após isso ingressaram na estrada Cuiabá – Porto Velho, até Rondônia.

E de lá prosseguiram para Rio Branco capital do estado do Acre.

E assim o Ford Maverick, a Ford Belina e o Ford Corcel foram os três primeiros carros a cruzar a estrada Porto Velho – Manaus.

Mas estes três aventureiros passariam por uma grande prova de fogo, pois eles ainda viriam à conhecer o trabalho executado pelo D.N.E.R. , que estava construíndo estradas onde até pouco tempo atrás, existiam apenas rios e florestas.

Em virtude deste desenvolvimento uma nova civilização estava nascendo as margens da rodovia.

Foi neste trajeto, feito pela estrada Porto Velho- Manaus, que ocorreu uma das maiores experiências de toda essa equipe.

Em Mato Grosso, Goiás, Rondônia, Acre e Amazonas os carros percorrem trechos novos de estradas recém inauguradas. Tinha chovido muito e havia também, muita lama no trajeto de 100 Km, que foi feito em seis horas.

raid4Do norte ao nordeste do Brasil

Estes três aventureiros passaram também pela rodovia Transamazônica, Santárem, Altamira e Marabá.

Em Altamira onde o trecho da Transamazônica, já havia sido inaugurado, encontraram seis pistas de tráfego, com bastante trânsito.

Assim o 1º Ride da Integração Nacional chegou em Belém, quase 10.000 quilômetros do incio no dia 8 de Outubro na cidade de Chuí/RS.

Do estado do Pará eles prosseguiram para o Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe até chegarem a Bahia cruzando todo o nordeste brasileiro.

Chegando ao destino final!

Do nordeste desceram ao Espirito Santo, passando pelo Rio de Janeiro e Minas Gerais e após isso, o 1º Raid da Integração Nacional chegou em Brasília, no dia 31 de Outubro cumprindo a finalidade de levar uma mensagem à todos os brasileiros.

“O SEU PAÍS ESTÁ INTEGRADO”

Durante os dias que ocorreram o 1º Raid da Integração Nacional, estavam presentes a equipe, um repórter, um cinegrafista e também um fotógrafo, que registraram todos os momentos dessa epopéia. Todo o roteiro funcionou como foi previsto, os carros não apresentaram problemas significativos e os pilotos ficaram muito felizes por participarem daquela aventura.

Infelizmente, depois deste Raid, o maverick que participou da aventetura foi doado pela FORD ao Museu do Sr. Roberto Lee, em Caçapava – SP onde ele foi saqueado e só não roubaram o carro inteiro por milagre. (Clique aqui e veja este detalhes).

Assim é o nosso país, pouca memória, descaso total com a história, onde dão mais valor a mulheres frutas, a tcha-tcha-tchás e outras porcarias do gênero. Terra da corrupção!

Agradeço aqui de coração, aos colaboradores da internet e ao autor desta bela matéria que conseguiram resgatar um pedaço de nossa história que por pouca não fica esquecida.

VEJA A DIVULGAÇÃO OFICIAL DO EVENTO:
raid2